Galeria de Fotos

VII Jornada de Enfermagem da Bahiana

A arte como ferramenta no cuidar. Esta foi a reflexão da VII Jornada de Enfermagem da Bahiana que aconteceu nos dias 22 e 23 de novembro, na Unidade Acadêmica Cabula e contou com a participação de acadêmicos, docentes e representantes do Conselho Regional de Enfermagem da Bahia (COREN-BA), Associação Brasileira de Enfermagem (ABEN Seção Bahia) e Sindicato dos Enfermeiros da Bahia.

A mesa de abertura contou com a presença da diretora da Bahiana, Dra. Maria Luisa Carvalho Soliani, da coordenadora do curso de Enfermagem, prof.ª Maria de Lourdes Gomes de Freitas, da presidente do COREN-BA, Maria Luísa de Castro Almeida, da presidente da ABEN Seção Bahia, Tânia Bulcão, além da coordenadora da jornada, Prof.ª Simone Passos e da representante dos discentes, Adriana Coelho.

Como exemplo de uso da arte no cuidar de pessoas, o grupo Anjos da Enfermagem (BA) abriu as atividades da jornada demonstrando sua atuação em unidades de saúde de Salvador, com uma mostra artística que reuniu teatro, música e dança. Segundo Dra. Maria Luisa Carvalho Soliani, a arte se impõe como elemento benéfico, tanto quando utilizada como meio de aproximação entre o cuidador e o cuidado como para o próprio profissional de saúde. "É sempre bom ler romances, ver filmes, ir ao teatro. A arte serve ao indivíduo tanto no lado pessoal como profissional. Ela faz com que o mundo da pessoa se abra para outras coisas que não sejam o conhecimento técnico, o saber científico, mas amplia o seu conhecimento como ser humano".

A atividade serviu de gancho para a palestra "As Dimensões do Cuidar", da enfermeira convidada, Maria Julia Paes da Silva. Em sua fala, a professora titular da Universidade de São Paulo (USP) destacou a importância das relações terapêuticas e como a forma de cuidar de um paciente é fundamental para a enfermagem, enquanto profissão. "É no "como" se faz cada técnica que a enfermagem se qualifica. Esse "como" é fundamental, pois é aí que conservamos a dignidade das pessoas".

Para a Prof.ª Maria de Lourdes, "é muito bom a gente poder compartilhar essas experiências e trazer alguém que tem uma experiência e um reconhecimento muito grandes na área da enfermagem, uma pesquisadora do cuidado. A forma como ela apresentou o cuidar, fortalece a concepção com que trabalhamos não somente no curso da Enfermagem, como  em toda a Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, que vem trabalhando na formação de um profissional crítico, humanístico, com valores éticos e morais, preocupado em atendar às demandas da sociedade, atento ao Sistema Único de Saúde. Então, quando escutamos alguém falar disso, temos a certeza de que estamos no caminho certo e que estamos fazendo uma enfermagem diferente, uma enfermagem com arte".



Campus Brotas

Av. Dom João VI, nº 275, Brotas.
CEP: 40290-000
tel.: (71) 3276 8200
fax.: (71) 3276 8202

Campus Cabula

Rua Silveira Martins, nº 3386, Cabula
CEP: 41150-100
tel.: (71) 3257 8200
fax.: (71) 3257 8230

Coordenadoria Geral

Av. Dom João VI, nº 274, Brotas.
CEP: 40285-001
tel.: (71) 2101 1900
fax.: (71) 3356 1936