Galeria de Fotos

I Simpósio da Monitoria de TOCE I

No último sábado, 16 de abril, profissionais e estudantes de Medicina da Bahiana e de outras instituições de ensino lotaram o Auditório 1, da Unidade Acadêmica Cabula, onde participaram do I Simpósio da Monitoria de TOCE I: Atualizações em Emergências Clínicas, cuja palestra foi ministrada pelo professor da Universidade de São Paulo (USP), Dr. Herlon Saraiva Martins, autor do livro “Emergências Clínicas – Abordagem Prática”, referência nacional no tema, nas mais diversas provas do país.

O evento foi uma iniciativa do estudante de graduação do 10º semestre de Medicina, Gabriel Neimann, que conheceu o palestrante em um curso sobre emergências clínicas que realizou na USP. "Temos a monitoria de Técnica Operatória e Cirúrgica I (TOCE I), uma matéria em que, no momento, sou coordenador de monitoria. Ano passado fiz o curso nacional de emergências clínicas da USP que é coordenado pelo professor Herlon. Na oportunidade, fiz um convite para ele ministrar esse simpósio aqui e ele prontamente aceitou. É a primeira vez que ele vem aqui palestrar. Pensamos em emergência como tema principal, pois é um assunto que vemos mais no fim do curso. Depois que fiz o curso em São Paulo, percebi que seria interessante trazê-lo por ser o autor do livro que todo ano traz novas atualizações", declarou o estudante.

"Eu acho muito importante esse evento que traz um palestrante que é referência no Brasil. O tema é muito importante no nosso currículo, pois precisamos ir bem preparados para o HGE, na parte de emergências. Temos o SAMU e o pré-HGE, mas a matéria emergência vemos diluída em outras coisas", explica Jessica Suerdik, estudante de Medicina do 9º semestre da Bahiana.

Dr. Herlon Saraiva Martins elogiou a iniciativa do estudante Gabriel Neimann e da Bahiana em oferecer um espaço para se desenvolver o estudo da emergência. "Esse é um trabalho extremamente importante, porque é uma área muito sofrida, que tem muito descaso e, um evento como esse, com 300 pessoas, é uma maneira de sensibilizar que é um tema importante e colocar em foco que é uma necessidade da sociedade. Eu só tenho que parabenizar Gabriel e a Bahiana, porque esse é um evento importante para a nossa sociedade".

Segundo o médico, a especialização em emergência só foi reconhecida no Brasil no ano passado, diferentemente do que ocorre nos Estados Unidos e em países europeus. "Fiquei lutando pelo reconhecimento de emergência como uma especialidade médica por 13 anos. Em 16 de setembro de 2015, a especialidade foi reconhecida no Brasil e vamos iniciar o programa de residência, com três anos de duração. A expectativa é de que, nos próximos 10, 20 anos, a gente consiga evoluir. Estamos quase 40 anos atrasados em relação aos Estados Unidos e a países da Europa e, agora, teremos que evoluir. Nesses países, o profissional é mais treinado do que nas outras especialidades. Na Inglaterra, o governo não deixa o médico ir para a emergência se ele não tiver feito seis anos de treinamento, por exemplo".


Palestrante: Dr. Herlon Saraiva Martins

Cofundador e membro da Associação Brasileira de Medicina de Emergência (ABRAMEDE), doutor em ciências médicas na área de Concentração em Emergências Médicas pela USP e International Member of the American College of Emergency Physicians (ACEP), European Society for Emergency Medicine (EuSEM) and World Interactive Network Focused On Critical UltraSound (WINFOCUS). Dr. Herlon será responsável por revisar alguns dos mais importantes temas e suas atualizações no campo das emergências clínicas.



Campus Brotas

Av. Dom João VI, nº 275, Brotas.
CEP: 40290-000
tel.: (71) 3276 8200
fax.: (71) 3276 8202

Campus Cabula

Rua Silveira Martins, nº 3386, Cabula
CEP: 41150-100
tel.: (71) 3257 8200
fax.: (71) 3257 8230

Coordenadoria Geral

Av. Dom João VI, nº 274, Brotas.
CEP: 40285-001
tel.: (71) 2101 1900
fax.: (71) 3356 1936