Galeria de Fotos

Simpozika

No dia 11 de junho, na Unidade Acadêmica Brotas, a Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública recebeu o evento Simpozika, realizado pelo Bioexpertise.

A programação reuniu estudantes, professores e profissionais da área de saúde da Bahiana e de outras instituições com o objetivo de discutir sobre o zika vírus, uma temática agravante na saúde que ainda traz muitas dúvidas e questionamentos para a população.

“Trouxemos essa temática para o nosso primeiro simpósio  em virtude da relevância mundial que o vírus apresenta e, além disso, é um evento beneficente ao Projeto Abrace a Microcefalia, em que toda a doação de alimentos será revertida para apoiar essas famílias que fazem parte do projeto”, relata a diretora do Bioexpertise e professora de Biomedicina da Bahiana, Mabel Proence.

Ao longo da programação, foram ministradas as palestras “Introdução ao Zika vírus” pelas professoras de Biomedicina da Bahiana e integrantes do Bioexpertise, Fernanda Cury e Luciane Amorim, “Histórico do Zika vírus no Brasil” pelo Prof. Rubio Soares, farmacêutico da Universidade Federal da Bahia, “Epidemiologia do Zika vírus na Bahia” pela professora, fisioterapeuta e membro do Comitê de Ética e Pesquisa da SESAB, Nadja Queiroz, e “Patogênese da infecção por Zika vírus em células tronco neurais” pelo Dr. Bruno Solano, doutorando no programa de pós-graduação em patologia experimental da UFBA.

“Atividades como essas são de extrema importância para a formação de jovens estudantes que estão iniciando uma carreira, enfatizando a importância da pesquisa e do estudo da ciência na vida desses futuros profissionais de saúde, além de divulgar dos trabalhos sobre o Zika vírus para a população”, relata o Prof. Rúbio Soares.

Segundo a professora Fernanda Cury, integrante do Bioexpertise, o objetivo principal do simpósio foi trazer um pouco de conhecimento para os acadêmicos e profissionais de saúde. “Acreditamos que o conhecimento é a principal ferramenta no combate à infecção pelo Zika vírus e a proposta desse evento é justamente um bate-papo com especialistas na área, esclarecendo as dúvidas dos participantes, pois acreditamos que eles podem atuar como multiplicadores desse conhecimento para outras pessoas”, explica.

“Por ser um assunto tão amplo e a cada dia surgindo uma atualização em termos de publicação e investigação sobre o vírus, é importante disseminarmos esse conhecimento por meio de eventos como esses, até porque, muito desses assuntos não chegam à população, então, é relevante discutirmos o que tem de mais atual na área já que é uma temática de interesse mundial”, relata a professora de Biomedicina, Luciane Amorim.

A aluna do curso de Biomedicina da Universidade Católica, Bárbara dos Santos, explica que atividades como essas são importantes não só para a formação dos alunos, mas também  para o esclarecimento sobre o vírus com profissionais da área de saúde. “Eu vim com muitas dúvidas e achei válidas as palestras e informações que até agora eu não tinha conhecimento acerca da virologia do Zika”, pontua.

“A programação foi fantástica por tratar de um assunto tão atual e válido para nossa área de atuação. As palestras foram ministradas por profissionais que dominam a temática e, através delas, pude esclarecer uma série de dúvidas”, finaliza Luiza Alves, aluna do 3° semestre do curso de Medicina da Bahiana.



Campus Brotas

Av. Dom João VI, nº 275, Brotas.
CEP: 40290-000
tel.: (71) 3276 8200
fax.: (71) 3276 8202

Campus Cabula

Rua Silveira Martins, nº 3386, Cabula
CEP: 41150-100
tel.: (71) 3257 8200
fax.: (71) 3257 8230

Coordenadoria Geral

Av. Dom João VI, nº 274, Brotas.
CEP: 40285-001
tel.: (71) 2101 1900
fax.: (71) 3356 1936