Galeria de Fotos

Audiência Pública: Os Desafios da Enfermagem na Voz dos Trabalhadores

No dia 17 de maio, docentes e discentes de enfermagem da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública participaram da Audiência Pública que abordou a temática “Os Desafios da Enfermagem na Voz dos Trabalhadores”, realizada na Câmara Municipal de Salvador.

O evento foi organizado pela vereadora Aladilce Souza em homenagem à profissão de Enfermagem. Participaram da mesa de abertura os representantes do Conselho Regional de Enfermagem (Coren-BA),  Enf.ª  Dra. Maria Luísa de Castro Almeida; da Associação Bahiana de Enfermagem (ABEN-Ba), Enf.ª  Dra. Tânia Neves Bulcão; do Sindicato das Enfermeiras da Bahia (SEEB),  Enf.ª  Dra. Lucia Duque, assim como do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde (STS), pelo seu presidente,   Sr. Silvio Roberto dos Anjos e Silva e   do Diretório Acadêmico de Enfermagem (DAE), aluna do curso de Enfermagem da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública,  Adriana Coelho.

A programação contou com a participação de outras instituições de saúde que foram representadas por hospitais públicos, privados, unidades básicas de saúde por meio de suas categorias enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem.

Inicialmente, houve uma homenagem apresentada pelo coral da Câmara Municipal e, posteriormente, vários profissionais de enfermagem foram destacados pelas suas instituições, sendo homenageados como representantes dos seus pares enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem.

A partir da composição da mesa de abertura, momentos de reafirmação de reconhecimento e menções honrosas foram vivenciados, sendo a plateia presenteada com os posicionamentos apresentados por cada membro da mesa, referente ao valor do trabalho em saúde, da categoria de enfermagem e do trabalho multiprofissional, bem como formulações sobre o mercado de trabalho, suas restrições e precariedades, mas, principalmente, sobre a autonomia e o empoderamento da categoria de Enfermagem no processo da promoção da saúde e defesa do Sistema Único de Saúde (SUS).

A professora M.ª Sandra Portella, docente do curso de Enfermagem da Bahiana, abordou o sentido do cuidado humano, assim como a importância de todos conhecerem seus direitos e deveres enquanto cidadãos e profissionais de saúde.

Foi destaque a participação da aluna Adriana Coelho, do 5º semestre, presidente do Diretório Acadêmico de Enfermagem da Escola Bahiana de Medicina e Saúde pública, sobre o papel da enfermagem e a sua expressão de conhecimento referente ao “Cuidado Humano”. A aluna, em conjunto com a plenária, debateu assuntos referentes à autonomia profissional na enfermagem e sua construção a partir de alicerces técnico-científicos legais e pelo desenvolvimento de uma prática cidadã. Abordou também, com grande maestria, excelente encaminhamento de ideias e postura adequada como representante do diretório acadêmico, numa análise crítica reflexiva, em que expressou, com determinação, que a “a autonomia não é uma questão individual, mas sim o desenvolvimento de competências técnico-científica, social e política”. 

A aluna foi aplaudida pela plenária em moção de absoluta concordância, com o posicionamento dos alunos de enfermagem, representados por ela.

“Ao escutar a coerência e paixão com que nossa aluna se posicionou e mobilizou  todos, senti o coração bater mais forte. Tenho muito orgulho desses acadêmicos que estão sendo preparados sob o nosso olhar e condução cuidadosa”, relata a professora Sandra Portella, presente ao evento e acompanhando um grupo de 15 alunas determinadas a compor esse espaço de discussão sobre o mundo de trabalho da enfermagem.

Na plenária, todos ficaram muito reflexivos e honrados pelo encaminhamento que a Bahiana tem oferecido aos seus acadêmicos fortalecendo, assim, a profissão de Enfermagem. As referências e congratulações expressas em palavras e aplausos afirmaram que se trata de uma instituição de ensino superior e um curso de Enfermagem que demonstram a preocupação com uma formação crítica e reflexiva, assentada na ética e na prática das atividades que, certamente, favorecerão a inserção de bons profissionais no mercado de trabalho da categoria de Enfermagem.

Honrosamente, a Escola recebeu um ofício de nº 752/16, datado de 3 de maio de 2016, da Câmara Municipal, endereçado à coordenadora do curso de Enfermagem, Prof. M.ª Cristiane Magali Freitas dos Santos, parabenizando com votos de congratulações os estudantes do curso de Enfermagem pelo dia Mundial do Enfermeiro, comemorado no dia 12 maio.

“Percebemos que nos empoderar de conhecimento, além dos conhecimentos técnico-científico, que são muito importantes, precisamos também de empoderamento no conhecimento político. Então, através dessa percepção, surgiu a necessidade de se ter na faculdade um diretório acadêmico para representar os estudantes, atender as demandas e promover sensibilização política. ‘Enfermeiro que só sabe enfermagem, não sabe nada’, conclui a representante do DAE, Adriana Coelho da Silva.



Campus Brotas

Av. Dom João VI, nº 275, Brotas.
CEP: 40290-000
tel.: (71) 3276 8200
fax.: (71) 3276 8202

Campus Cabula

Rua Silveira Martins, nº 3386, Cabula
CEP: 41150-100
tel.: (71) 3257 8200
fax.: (71) 3257 8230

Coordenadoria Geral

Av. Dom João VI, nº 274, Brotas.
CEP: 40285-001
tel.: (71) 2101 1900
fax.: (71) 3356 1936