Galeria de Fotos

Curso de Suporte Básico à Vida - Esporte Clube Vitória
No dia 20 de agosto, estudantes da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública e da Liga Acadêmica de Medicina do Exercício e do Esporte da Bahia (LAMEEB), formada por alunos da Faculdade de Medicina da Universidade Federal da Bahia (FMB/UFBA), participaram do Curso de Suporte Básico à Vida, auxiliando os funcionários da Divisão de Base do Esporte Clube Vitória, no Estádio Manuel Barradas (Barradão).

O Curso de Suporte Básico à Vida é uma iniciativa do departamento médico do clube e foi realizado pelo Núcleo de Ensino e Pesquisa em Primeiros Socorros (NEPPS), composto por estudantes da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, sob a orientação do professor André Zimmermann.

A Liga Acadêmica de Medicina do Exercício e do Esporte da Bahia (LAMEEB), formada por estudantes da Faculdade de Medicina da Universidade Federal da Bahia (FMB/UFBA) e orientados pelo professor Luis Schiper também foi responsável pelo curso.
A programação orientou e capacitou os funcionários a prestarem os primeiros atendimentos de urgência até a chegada de uma equipe médica especializada, além de abordar manobras de reanimação cardiopulmonar e o procedimento para utilizar o desfibrilador externo automático.

"É importante salientar que nenhuma situação clínica supera a prioridade de atendimento da parada cardiorrespiratória, na qual a rapidez e a eficácia das intervenções adotadas são cruciais para um melhor resultado do atendimento", observa Henrique Guimarães, estudante do oitavo semestre do curso de Medicina da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e estagiário do departamento médico do clube e um dos organizadores da ação.

Anualmente, cerca de 8 milhões de pessoas em todo o mundo sofrem uma parada cardíaca respiratória (PCR). Cerca de 70% das PCR ocorrem fora do hospital, com mais de 50% acometendo pessoas com menos de 65 anos de idade. "Esses números mostram a importância de se abordar a temática. Essa foi uma excelente iniciativa do clube. O suporte básico à vida é um assunto que todos deveriam saber ou ter uma noção, pois são condutas simples que podem salvar vidas", salienta a estudante Mariana Tarquinio, 4° semestre do curso de Medicina da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública e uma das orientadoras das atividades.

Nas próximas semanas, o curso será ministrado para as comissões técnicas das categorias de base e do futebol profissional. "Já nos colocamos à disposição para abordar, além da parada cardiorrespiratória, temas como imobilizações de membros, contenção de sangramento e emergências clínicas, a exemplo de desmaios", informa Mariana Tarquinio, que acrescenta: "a receptividade dos participantes mostra a necessidade e importância do trabalho que fazemos. A cada nova experiência, nos sentimos mais preparados, pois ensinar é uma prática constante".

Após o curso, os funcionários do Vitória convidaram toda a equipe para conhecer algumas instalações do clube. Pelo Vitória, participam ainda da organização da atividade os estagiários de Medicina Caio Franco, Igor Chagas, Leandro Cavalcanti e Rafael Baleeiro, supervisionados pelos médicos Carlos Martan, Nathália Figueirêdo e Gabriel Leal.


Campus Brotas

Av. Dom João VI, nº 275, Brotas.
CEP: 40290-000
tel.: (71) 3276 8200
fax.: (71) 3276 8202

Campus Cabula

Rua Silveira Martins, nº 3386, Cabula
CEP: 41150-100
tel.: (71) 3257 8200
fax.: (71) 3257 8230

Coordenadoria Geral

Av. Dom João VI, nº 274, Brotas.
CEP: 40285-001
tel.: (71) 2101 1900
fax.: (71) 3356 1936