Galeria de Fotos

Novos da Bahiana 2017.1
O protagonismo estudantil e profissional, traço que marca a formação acadêmica da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, foi o tema da aula inaugural do semestre 2017.1 dos Novos da Bahiana que aconteceu na sexta-feira, dia 27 de janeiro, na Unidade Acadêmica Cabula. Acolhidos pelo canto do coral Canta Bahiana e pelas palavras da coordenadora de Desenvolvimento de Pessoas, Prof.ª Luiza Ribeiro, e da gestora do Núcleo de Atenção Pisicopedagógica (NAPP), Angélica Mendes, centenas de estudantes dos cursos de Biomedicina, Educação Física, Enfermagem, Fisioterapia, Medicina, Odontologia e Psicologia, pais, professores e colaboradores participaram de um grande encontro que teve como ponto principal um bate-papo com o cofundador da Din4mo Inovadores de Impacto, Marcel Fukayama. 
     
Este ano, pela primeira vez, os cursos foram apresentados pelos coordenadores acompanhados de estudantes veteranos que relataram brevemente sua experiência no curso, desde a grade curricular até os projetos, as pesquisas, as diversas oportunidades de aprendizagem e interação que a Bahiana oferece.  Assim, o curso de Biomedicina foi apresentado pelo coordenador Prof. Geraldo Argolo, acompanhado da estudante do 7º semestre Camila Chames; Educação Física, pelo coordenador Prof. Clarcson Plácido e o estudante do 2º semestre Robson Santana; Enfermagem, pela estudante do 4º semestre Thaynã Costa e a coordenadora Prof.ª Cristiane Magali; Fisioterapia, pelo estudante Igor Alonso, do 9º semestre e pela coordenadora Prof.ª Luciana Bilitário; Medicina, pela coordenadora Prof.ª Ana Verônica Mascarenhas Batista e a estudante do 10º semestre Venandra Andrade; Odontologia, pelo coordenador Prof. Urbino Tunes e o estudante do 9º semestre Marcos Rios; Psicologia, pela coordenadora Sylvia Barreto e a estudante Anaís Cavalcanti, do 5º semestre. 

"A Bahiana é muito mais do que eu esperava. O que me surpreende aqui é a alegria, a felicidade das pessoas que trabalham e que estudam, pois elas gostam de estar aqui. Isso para mim é fundamental", declarou Igor Alonso que aproveitou a ocasião para deixar uma dica para os Novos Bahianos: "Tem que estudar. Isso é um fato. Todos os alunos vão precisar estudar, mais cedo ou mais tarde, mas também devem se envolver nos projetos de extensão, estar ativos na faculdade, aproveitar o que a Bahiana pode oferecer. Esse é o caminho do sucesso". 

     
Palestra

O tema de destaque do encontro foi a palestra "Atitudes Empreendedoras: criando um impacto social na saúde", ministrada pelo jovem empreendedor e CEO da incubadora de projetos Dín4mo, Marcel Fukayama. Além de contar sua história de vida, Marcel apresentou o perfil, o papel do empreendedor e os impactos que projetos inovadores vêm alcançando no mundo, principalmente na área da saúde. 

"O empreendedor tem uma série de características fundamentais, entre elas eu destacaria a resiliência, a capacidade de resolver problemas, de mobilizar. Essas atitudes o ajudarão a conseguir realizar as mudanças que ele deseja, ampliar o impacto de seu trabalho. Agora, se você combina o perfil empreendedor com o profissional de saúde é ainda melhor, pois, se puder pensar tudo isso de uma maneira inovadora, poderemos ter novas formas de atender o paciente e de trazer mais qualidade a essas vidas. Acho que é importantíssimo para o atual momento em que vivemos que é de grandes transformações", explica.

Ele identifica, na Bahiana, um grande incentivo ao perfil empreendedor no profissional de saúde. "A Bahiana tem um grande diferencial que é oferecer ao jovem um espaço para ele se autoconhecer. Aqui é um espaço de grande desenvolvimento pessoal desse jovem que um dia vai ser um profissional de saúde. E não é só isso, ela possibilita que o jovem perceba no que ele precisa se desenvolver e qual papel ele vai ter como profissional de saúde. Pode ser mais ou menos empreendedor, mas, para desenvolver esse papel, ele primeiro tem que se conhecer". 
     
Segundo Angélica Mendes, o que levou a Bahiana a convidar Marcel Fukayama para esse encontro com os jovens da instituição foi a visão de mundo comum entre as duas instituições. "Há uma comunhão do que é empreendedorismo para a Bahiana e para a Dín4mo, hoje representada na figura de Marcel Fukatayama. Existe uma compreensão do que é ser empreendedor que perpassa os valores do indivíduo e sua missão no mundo. São caminhos que se cruzam e estamos iniciando uma parceria com eles para ampliar e aprofundar nossos projetos sociais, uma união que nos deixará mais fortalecidos".

Toda a programação de acolhimento dos novos estudantes, desde a vivência, durante o Processo Seletivo Formativo (Prosef), até o primeiro dia como alunos da Bahiana, encantou os estudantes Lucas Antônio Jesus de Souza (Educação Física) e Ana Marta Faria (Medicina) que guardam boas expectativas com relação à instituição.

"Eu já sou formado e licenciado e vim fazer o bacharelado em Educação Física aqui na Bahiana. Onde eu estudava, eu e meus colegas não tivemos esse acolhimento. Não tivemos essa perspectiva de estar na área da saúde. Até então, não nos sentíamos no meio da saúde. A gente veio buscar uma complementação maior do que precisamos aprender e acredito que a Bahiana vai dar esse conhecimento. Ficamos surpreendidos até pelos programas sociais daqui, pois pensávamos que existiam apenas em instituições públicas como a UFBA. E eu fiquei superencantado com esses programas", relata Lucas.

Já para Ana Marta, a formação humanística foi o que mais lhe chamou a atenção. "Eu acho que vai ser tudo muito diferente do que estudei até agora, não somente pelo fato de serem novos assuntos, mas pelo método. Eu estou gostando muito do que estão me apresentando, principalmente da parte humanística que eu realmente vejo. Meu pai é médico, é minha referência profissional, e ele se encaixa nesse perfil que estão oferecendo aqui". 
     

Ser Bahiana é Ter Sangue nas Veias

Durante o encontro, o Prof. Rinaldo Antunes Barros apresentou o programa "Ser Bahiana é Ter Sangue nas Veias" e convidou todos os estudantes da Bahiana para participar: "Gostaria de convidar os Novos Bahianos de 2017.1 de todos os cursos para participarem do projeto Ser Bahiana é Ter Sangue a Veia que irá acontecer no dia 18 de fevereiro, no Hemoba, onde teremos uma atividade formativa com os conteúdos básicos para aqueles que estão se inserindo na faculdade, mas, o mais importante será o impacto social, pois vamos incentivar a doação de sangue, permitindo que abasteçamos o nosso banco e ser Bahiana é realmente fazer diferença na cidade de Salvador".

A programação foi finalizada ao som da banda Atlética de Medicina.


Unidade Acadêmica Brotas

Av. Dom João VI, nº 275, Brotas.
CEP: 40290-000
tel.: (71) 3276 8200
fax.: (71) 3276 8202

Unidade Acadêmica Cabula

Rua Silveira Martins, nº 3386, Cabula
CEP: 41150-100
tel.: (71) 3257 8200
fax.: (71) 3257 8230

Coordenadoria Geral

Av. Dom João VI, nº 274, Brotas.
CEP: 40285-001
tel.: (71) 2101 1900
fax.: (71) 3356 1936