Galeria de Fotos

Ser Bahiana é ter Saúde na Veia - 3ª edição
“O nosso objetivo não é apenas sensibilizar os estudantes para doar hoje, mas para se tornarem doadores por toda a vida”. As palavras do estudante de Medicina e monitor do Núcleo de Ensino e Pesquisa em Anatomia (NEPA), Milton Melo, resumem o espírito do projeto “Ser Bahiana é ter Saúde na Veia”, cuja 3ª edição aconteceu no sábado, 18 de fevereiro, na Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba). As atividades tiveram como público-alvo estudantes do 1º semestre dos cursos de Biomedicina, Educação Física, Enfermagem, Fisioterapia, Medicina e Odontologia.

A programação contou com aulas abordando assuntos da biomorfologia do sangue. Os conteúdos foram apresentados por estudantes monitores do NEPA, do Núcleo de Extensão em Biologia Molecular e Celular (NEBIO), do Grupo de Ciências Morfofuncionais (GCM), além de monitores de Anatomia da Fisioterapia; Anatomia da Educação Física; Primeiros Socorros de Enfermagem; Primeiros Socorros da Odontologia; Histologia da Biomedicina e membros da Liga de Enfermagem em Emergências. A ação reuniu também 17 professores dos cursos de Biomedicina, Educação Física, Enfermagem, Fisioterapia, Medicina e Odontologia. Segundo Milton Melo, “o projeto associou os diversos cursos da Bahiana para integrar todas as áreas de saúde, incentivando uma atitude empreendedora nos estudantes na promoção de uma ação social”.

O professor do curso de Medicina e coordenador do NEPA, Rinaldo Barros, reforça a importância do caráter interdisciplinar da ação. “É com ações como essa que vemos como a Bahiana preza muito que os cursos e os profissionais de saúde devam trabalhar de forma interdisciplinar. Muitas vezes, vemos a multidisciplinaridade, muitos cursos, muitas especialidades trabalhando, porém não se articulando entre elas. Na interdisciplinaridade temos várias áreas trabalhando juntas e de forma articulada para promover a saúde. Só se promove saúde com interdisciplinaridade”.

Licenciado em Educação Física e agora realizando o bacharelado na Bahiana, Aniel Pereira Azevedo relata que a união dos cursos mostra que a saúde está integrada. “O curso de Educação Física tem uma participação muito boa na área de saúde. Tanto licenciado como bacharel, posso trabalhar aspectos da prevenção em saúde no ensino fundamental e médio e o bacharelado de Educação Física voltado para a saúde vai ajudar muito nisso”.


Caso Clínico

A fim de sensibilizar e mostrar a importância da doação de sangue, foi apresentado aos calouros um caso clínico dramatizado por estudantes monitores. Tratava-se da história de um jovem de 18 anos que, sob o efeito de drogas, se atirou do alto de um prédio. A fidedignidade da situação comoveu o estudante de Medicina Breno Souto. “Essa simulação mostrou que, muitas vezes, alguns pacientes vão a óbito somente pela falta de sangue. Eu não sabia que a Bahiana realizava projetos como esse, mas, quando soube, fiquei muito feliz. Acho muito importante contribuir com a sociedade”, declarou o calouro que, prontamente, realizou a sua primeira doação durante o projeto. “É um ato tão simples, qualquer um pode vir aqui e dedicar alguns minutos que podem salvar muitas vidas”.

Formada em Design, profissão que exerceu por sete anos, Camila Freitas, agora estudante do 1º semestre de Odontologia, conta que, por ser nova na área de saúde, tudo a surpreende. “É tudo muito novo para mim. Percebo aqui a importância dessa iniciativa e pretendo levar esse conhecimento para casa, para os amigos, enfim, levar mais informação para pessoas que não estão nesse meio”.

Sua colega de curso, Beatriz Barreto conta que se sentiu tocada com o caso clínico. “Mesmo não se tratando de uma cena real, a simulação passou uma experiência boa para a gente. Ela me tocou, mas também me deixou mais prepara para o futuro”.

Com a ação, a Bahiana estimava arrecadar 100 bolsas de sangue. O sucesso da iniciativa superou as expectativas, totalizando 120 bolsas coletadas.


Unidade Acadêmica Brotas

Av. Dom João VI, nº 275, Brotas.
CEP: 40290-000
tel.: (71) 3276 8200
fax.: (71) 3276 8202

Unidade Acadêmica Cabula

Rua Silveira Martins, nº 3386, Cabula
CEP: 41150-100
tel.: (71) 3257 8200
fax.: (71) 3257 8230

Coordenadoria Geral

Av. Dom João VI, nº 274, Brotas.
CEP: 40285-001
tel.: (71) 2101 1900
fax.: (71) 3356 1936