Galeria de Fotos

V Fórum do CAJU
Ao som da música “Perfeição”, de Legião Urbana, teve início o V Fórum do CAJU, que aconteceu no dia 17 de agosto, no Campus Cabula da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. O evento, que é realizado pelo Centro de Atenção às Juventudes (CAJU), teve como temática “Redes Sociais e Relações Virtuais: Cibercultura e Sociabilidade dos Jovens”. O encontro propôs uma abordagem diferenciada para discutir o assunto com jovens de diversas escolas e comunidades de Salvador.
 
O coordenador do CAJU e professor de Psicologia da Bahiana, Fábio Giórgio, explica como foi estruturada a metodologia dessa edição do fórum: “Esse ano não trouxemos um palestrante. O tema escolhido foi rede social e cibercultura, e organizamos vinte rodas de conversa compostas por discentes da Bahiana, professores, estudantes de escolas públicas e particulares e jovens de projetos sociais”. Os participantes receberam uma folha de papel e foram instruídos a escrever como seria o seu perfil na rede, quem eles eram, do que gostavam e como se caracterizam nesse ambiente digital. Em cada mesa, tinha a presença de um monitor do CAJU como mediador.
 
“A proposta desse evento foi conceder o protagonismo aos jovens, para que eles pudessem refletir sobre as características das suas interações virtuais com pessoas distintas”, afirma o professor Fábio Giórgio.
 
Sobre as relações entre os jovens com o espaço digital, a professora de Psicologia e membro do núcleo gestor do CAJU, Milena Lisboa, explanou como ocorrem essas interações: “A gente acredita que, para a juventude, esse novo universo relacional tem impactos muitos profundos nos processos de subjetivação e por nós já sermos uma geração que está menos atravessada pelas tecnologias, a gente entende que eles sabem mais do que a gente”.
 
Apesar de a quinta edição do Fórum do CAJU não ter a participação de palestrantes, contou com a presença de Rodrigo Nejm, Diretor da SaferNet – ONG que promove os direitos humanos da Internet – que observou como a dinâmica desse tipo de evento se constitui, a partir de sua perspectiva como um estudioso da área digital. “É muito legal esse encontro que propõe a oportunidade de ouvir dos próprios jovens e adolescentes que estão aqui, essas diferentes formas de viver em conjunto e on-line. Essa ideia de ouvir da juventude suas experiências é o mais interessante e isso certamente vai fazer com que a gente consiga pensar neles de uma forma mais legítima. É agradável fazer essa conexão de gerações com docentes e gestores da instituição e haver o diálogo sobre variadas maneiras de ver uma mesma vida on-line, que é essa vida que a gente tem compartilhada em rede”, ressaltou.
 
Os monitores do CAJU foram estudantes da Bahiana que escolheram ser voluntários no encontro. A estudante de Psicologia e monitora, Valéria Alves, destaca o papel de protagonista dos jovens participantes: “Eu me interessei muito pelo CAJU por ser um movimento da juventude. Por mais que sejam os professores, são jovens se envolvendo por conta própria, decidindo coisas juntos e construindo algo. Esse evento é minha primeira oportunidade como monitora e eu acho interessante a gente participar, aprender a mediar as situações e moldar esse ambiente como nosso espaço.”
 
O V Fórum do CAJU teve a presença de alunos do Colégio Estadual Governador Roberto Santos, do Colégio Anglo-Brasileiro e do Núcleo Estadual de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia (NEOJIBA). Jamile Santos, membro do projeto Jovens Líderes do NEOJIBA, descreveu como foi participar do evento: “Eu achei interessante, por ter abordado o assunto sobre redes sociais, que é algo muito pessoal, que a gente posta e que todo mundo vê. É um pouco desafiador a gente sentar junto a um grupo que não conhecemos e falar sobre nós mesmos, mas é uma experiência muito legal e diferenciada.”


Campus Brotas

Av. Dom João VI, nº 275, Brotas.
CEP: 40290-000
tel.: (71) 3276 8200
fax.: (71) 3276 8202

Campus Cabula

Rua Silveira Martins, nº 3386, Cabula
CEP: 41150-100
tel.: (71) 3257 8200
fax.: (71) 3257 8230

Coordenadoria Geral

Av. Dom João VI, nº 274, Brotas.
CEP: 40285-001
tel.: (71) 2101 1900
fax.: (71) 3356 1936