Galeria de Fotos

VIII Jornada de Pesquisa em Fisioterapia
“Métodos de Pesquisa em Fisioterapia: caminhos de construção do conhecimento a partir de incertezas, probabilidades e raras evidências” – esta foi a temática da VIII Jornada de Pesquisa em Fisioterapia, realizada pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, nos dias 26 e 27 de outubro, no Campus Cabula. O encontro também marcou o lançamento do livro “Metodologia Científica aplicada à Fisioterapia – Incertezas, probabilidades e raras evidências".
 
A abertura do evento foi marcada pela apresentação das bailarinas de dança flamenca da companhia As Bailaoras, da Casa de Sapateado Rachel Cavalcanti, sob a direção da professora Ila Vita. A mesa de abertura contou com a participação da reitora da Bahiana, a prof.ª Dra. Maria Luisa Carvalho Soliani, da coordenadora do curso de Fisioterapia da Bahiana, Luciana Bilitário, da presidente da Jornada e gestora do Núcleo de Comunicação Científica, Dra. Kátia Sá e dos professores convidados Pedro Dal Lago, que é professor associado III do Departamento de Fisioterapia da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), e da vice-presidente do CREFITO, Suely Maia Galvão Barreto.

Segundo Dra. Maria Luisa, a Jornada é um marco para a Bahiana e para as universidades, especialmente por ser dedicada à pesquisa científica, dado o momento político do Brasil. “É muito importante reforçarmos que chegamos à 8ª jornada, pois ela é fruto de um caminhar que começou como um primeiro passo da pesquisa – na escola como um todo – e na Fisioterapia, em particular. Essa jornada é uma mostra do quanto nós crescemos”, completa.
 
O professor e pesquisador reforça a abordagem sobre o momento político atual, quando ressalta os cortes de investimentos sofridos pelos institutos de pesquisa: “Temos, nos últimos anos, sofrido com a falta de investimentos no setor da pesquisa, da educação, mas acreditamos que isso tudo possa melhorar. Porém, precisamos unir esforços e pensamentos para poder retomar o investimento em inovação e pesquisa. Então eventos como este são fundamentais para que a gente possa não só discutir os avanços na área da ciência como também possa conversar e refletir sobre o futuro da fisioterapia e da pesquisa, que são fundamentais para o desenvolvimento do país”. 

Kátia Sá explica que um dos objetivos da jornada é justamente fortalecer um dos diferenciais do curso de Fisioterapia da Bahiana que é o grande incentivo à pesquisa: “Desde o 1º semestre, o aluno já sabe que vai ter que se integrar em grupos de pesquisa e participar de alguma forma. Ele não chega na pesquisa só no TCC, no final do curso. Ele, de alguma forma, está inserido em todos os semestres por meio do eixo ‘Produção do Conhecimento’. A Jornada é o momento em que tentamos aprofundar e amadurecer”. Ela aponta ainda como diferencial dessa edição o lançamento do livro “Metodologia Científica aplicada à Fisioterapia – Incertezas, probabilidades e raras evidências", do qual é organizadora ao lado da professora Cristiane Maria Carvalho Costa Dias: "Na nossa programação, juntamos alguns autores para aprofundar os temas que estão no livro, por meio de mesas-redondas realizadas no primeiro dia de atividades".
 
No sábado, foi realizada uma webconferência com o professor do curso de Medicina Luís Cláudio Correa e, na sequência, foram apresentados os 17 trabalhos científicos dos pesquisadores selecionados.


PREMIAÇÃO

Durante a jornada, foram premiados os trabalhos:

1º Lugar: “Excitabilidade cortical em indivíduos com reconstrução do ligamento cruzado anterior de  Thayná Oliveira da Silva.
 
2º Lugar: “Função pulmonar em infectados com HTLV” de Igor Alonso Andrade de Oliveira.
 
3º lugar: Comparação do exercício moderado contínuo com HIIT nas variáveis da ergoespirometria em pacientes coronariopatas: metanálise de Paula Guerra Duplat.
 

A Jornada de Fisioterapia nasceu com o propósito de fortalecer os grupos de pesquisa da Bahiana nesse campo da saúde. O evento já se tornou referência local no ambiente acadêmico e diversifica atividades que fomentam o desenvolvimento da pesquisa científica nessa área do conhecimento, por meio de conferências, mesas-redondas, debates, apresentação de temas livres e trabalhos de pesquisa. O público-alvo é formado por profissionais, docentes e estudantes de Fisioterapia.


Campus Brotas

Av. Dom João VI, nº 275, Brotas.
CEP: 40290-000
tel.: (71) 3276 8200
fax.: (71) 3276 8202

Campus Cabula

Rua Silveira Martins, nº 3386, Cabula
CEP: 41150-100
tel.: (71) 3257 8200
fax.: (71) 3257 8230

Coordenadoria Geral

Av. Dom João VI, nº 274, Brotas.
CEP: 40285-001
tel.: (71) 2101 1900
fax.: (71) 3356 1936