Notícias

Dia do Biomédico é comemorado na Bahiana

A iniciativa contou com muitas discussões e interatividade.
25/11/2019


Dia do Biomédico é comemorado na Bahiana

A iniciativa contou com muitas discussões e interatividade.

O terceiro ano de comemorações na Bahiana em homenagem ao Dia do Biomédico foi marcado por muitas discussões e interatividade. O evento aconteceu no dia 20 de novembro, das 8h às 18h, no Campus Cabula da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, e contou com palestras, atividades recreativas, esportes e stands das ligas acadêmicas. O estudante do 8º semestre do curso de Biomedicina da Bahiana João Ricardo Filho foi um dos organizadores do evento e revela que “desde o primeiro ano, a organização é gerida pelos alunos”.
 

Ricardo Filho, que, atualmente, é o presidente do Diretório Acadêmico de Biomedicina, ainda destaca que o enfoque maior está nas atividades de lazer por se tratar de uma data comemorativa: “São atividades lúdicas, com brincadeira e dança, que visam oferecer aos estudantes um momento de relaxamento e descontração dentro do ambiente acadêmico”.

A abertura da ocasião foi realizada pelos estudantes João Ricardo Filho e Marina Cucco, aluna do 7º semestre e uma das organizadoras do evento. A mesa-redonda foi composta pelos professores da Bahiana: Paula Schons Vieceli, Amâncio Souza, Sidney Santana e Arthur Gomes, que debateram “O uso recreativo e medicinal dos canabinoides”. Após as explanações, o público participou ativamente, tirando suas dúvidas e fazendo ponderações.
 
     

Durante as discussões, o professor Amâncio Souza pontuou que era de responsabilidade do biomédico produzir as evidências sobre os efeitos medicinais da maconha na sociedade e que, por isso, o profissional da área era tão significativo nos âmbitos investigativo e científico. Já a professora Paula Vieceli ressaltou que o biomédico possuía um papel importantíssimo, principalmente, na pesquisa laboratorial, pois, a partir dessa função, poderia demonstrar os efeitos benéficos e maléficos dos canabinoides. A professora concluiu que eram necessárias muitas pesquisas, pois o tema ainda era escasso em estudos conclusivos.
 
À tarde, a atividade denominada “Museu das ligas acadêmicas” abordou temática sobre anemia falciforme. O professor Sidney Santana mediou a atividade de massoterapia para os alunos. Além dessas ações, os graduandos desfrutaram de aulas de fit dance e de jogos, como futebol de salão e guerra de cotonete.
 
     

O professor Geraldo Ferraro, coordenador do curso de Biomedicina da Bahiana, esteve presente e ofereceu suporte logístico para a realização da inciativa. Quanto ao momento, o coordenador considera ser uma oportunidade para buscar espaço, já que a Biomedicina como profissão ainda é considerada nova: “Por isso selecionamos temas de relevância na área para serem abordados nessa confraternização entre alunos e professores”.
 
“O Dia do Biomédico, na Bahiana, tem uma grande importância por integrar os alunos dos diferentes semestres do curso por meio das atividades propostas pelas ligas acadêmicas, pela atlética e pelo Programa de Educação Tutorial (PET). Além disso, é um momento de descontração durante o nosso calendário acadêmico tão denso, ainda mais em fim de semestre!”, descreve Murilo Assis, estudante do 6º semestre de Biomedicina, integrante do PET e da atlética de Biomedicina, ao expressar o quanto ficou satisfeito de ter participado do evento.
 

As fotos publicadas nesta matéria são de autoria do Diretório Acadêmico de Biomedicina da Bahiana.

 

Campus Brotas

Av. Dom João VI, nº 275, Brotas.
CEP: 40290-000
tel.: (71) 3276 8200
fax.: (71) 3276 8202

Campus Cabula

Rua Silveira Martins, nº 3386, Cabula
CEP: 41150-000
tel.: (71) 3257 8200
fax.: (71) 3257 8230

Coordenadoria Geral

Av. Dom João VI, nº 274, Brotas.
CEP: 40285-001
tel.: (71) 2101 1900
fax.: (71) 3356 1936