Notícias

Renomada Psicanalista, Dr.ª Malvine Zalcberg, realiza palestra a convite do curso de Psicologia

Tema: Por que homens e mulheres vivem o amor de modos diferentes?

17/10/2011


Renomada Psicanalista, Dr.ª Malvine Zalcberg, realiza palestra a convite do curso de Psicologia

Tema: Por que homens e mulheres vivem o amor de modos diferentes?

O curso de Psicologia da Bahiana e o Círculo Psicanalítico da Bahia convidam você para conhecer e entender os principais fatores que levam homens e mulheres a viverem as relações conjugais e o amor de maneira tão distinta.

Que as mulheres e os homens vivem o amor de forma completamente diferente, todo mundo sabe. Mas entender porque isso ocorre é a grande questão. E para ajudar a entender esse dilema, a psicóloga, psicanalista e doutora em psicanálise, Malvine Zalcberg, uma das maiores autoridades do assunto no país, realiza a palestra "Por que os homens e mulheres vivem o amor de modos diferentes?".

O encontro com a pesquisadora acontece no dia 21 de outubro, das 8h às 10h, na Unidade Acadêmica Brotas, sala 206.

As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas através do telefone 71 3276 8265.

Palestra

Em sua fala, a psicóloga vai explorar os principais fatores que levam homens e mulheres a viverem relações conjugais e o amor de maneira tão distinta.

Malvine é psicóloga, psicanalista e doutora em psicanálise. Foi professora adjunta da Universidade do Rio de Janeiro da qual se afastou após 26 anos de atividades acadêmicas. Convencida da importância de transmitir as contribuições da psicanálise ao grande público, vem se dedicando a esse objetivo, paralelamente ao exercício da prática clínica e de participações em congressos e seminários de psicanálise. Em seus livros, assim como em suas intervenções em diversos meios de comunicação, expõe conceitos psicanalíticos em linguagem clara e acessível, sem, no entanto, abrir mão do rigor teórico. Dedica-se particularmente a desvendar as singularidades da constituição psíquica de homens e mulheres, dois seres que, segundo Lacan, “não falam a mesma língua”. Essas características decorrem das relações diferenciadas que meninas e meninos mantêm com os pais desde a infância. E mesmo se o contexto social atual nos leva a crer que essas distinções desapareceram, a estrutura emocional de homens e mulheres, diz Malvine, apresenta especificidades que levam cada um deles a desenrolar, a seu modo, os laços do amor.
 

Não Perca!

Entrada Franca



CLIQUE AQUI para ver o cartaz.

Campus Brotas

Av. Dom João VI, nº 275, Brotas.
CEP: 40290-000
tel.: (71) 3276 8200
fax.: (71) 3276 8202

Campus Cabula

Rua Silveira Martins, nº 3386, Cabula
CEP: 41150-100
tel.: (71) 3257 8200
fax.: (71) 3257 8230

Coordenadoria Geral

Av. Dom João VI, nº 274, Brotas.
CEP: 40285-001
tel.: (71) 2101 1900
fax.: (71) 3356 1936