Notícias

Bahiana participa de feira de saúde

Evento aconteceu na Paróquia de Nossa Senhora de Brotas.

03/06/2014


Bahiana participa de feira de saúde

Evento aconteceu na Paróquia de Nossa Senhora de Brotas.

No último sábado, 31 de maio, estudantes e professores de todos os cursos da Bahiana participaram da 11ª Feira da Paróquia da Nossa Senhora de Brotas, realizada nas instalações da igreja. Durante todo o dia, grupos de alunos, supervisionados por professores, realizaram exames, triagem e atendimento de centenas de pacientes participantes do evento.

Integrantes do PET Biomedicina e da Liga Acadêmica de Clínica Médica realizaram exames de aferição de pressão arterial e índice de massa corpórea (IMC), glicemia capilar e índice de colesterol. Em seguida, os pacientes que tiveram indicação, foram encaminhados para o atendimento com um grupo de estudantes de Medicina do 7º semestre. Segundo o Prof. Dr. Luiz Queiroz, um dos coordenadores da ação, “o atendimento trata-se de uma atuação básica em medicina, onde olhamos alguns pontos mais importantes, mais prevalentes: pressão arterial, glicemia, hipercolesterolemia, obesidade, síndromes relacionadas com a digestão. Temos aqui alunos com experiência em semiologia, clínica médica e ambulatorial o que facilita o atendimento. Participar da feira é também um treinamento bom para eles, pois eles se expõem a uma série de pacientes para resoluções mais rápidas, isso é bom. Eles estão indo muito bem!"
 

          


A estudante do 7º semestre de Medicina, Lorena Carneiro Ferreira, destaca a importância da ação que promove o contato do estudante com o paciente. "Quanto mais pacientes virmos, melhor. Aqui fazemos basicamente o atendimento que já fazemos na faculdade, então aprimoramos ainda mais o que aprendemos lá. No ano passado, ficamos realizando aferição de pressão e glicemia capilar. Este ano estamos aqui fazendo o atendimento mais relacionado com prescrição de medicação. Então, vejo essa participação como uma forma de aprimorar o que aprendemos na faculdade. O retorno é também ajudar a população de alguma forma. Eu sinto que consigo fazer isso com esse atendimento".

Outra área bastante trabalhada durante a feira foi a de promoção à saúde da mulher. Coordenada pela enfermeira e professora  disciplina"Saúde da Mulher I" do curso de Medicina, Maria Cristina Santana, a atividade teve como foco principal o planejamento reprodutivo. "Trouxemos a parte de prevenção e orientações sobre direitos e políticas públicas da mulher, pois é do que elas mais precisam, pois não conhecem. Trouxemos esse conteúdo em forma de jogos, dinâmicas para interagir melhor com elas".

Maria Cristina conta que esse mesmo trabalho é desenvolvido nas salas de espera do ADAB, com os alunos do curso de Medicina, dentro da disciplina Medicina Preventiva. "Também desenvolvemos, juntamente com os estudantes, o curso de gestantes e temas relacionados à educação e saúde, tendo como foco a saúde da mulher. Câncer de colo de útero e de mama, DST, métodos contraceptivos, qualidade de vida, ciclo menstrual, são abordados com uma linguagem de fácil acesso para as pacientes", explica.

Além de estudantes de Medicina, Biomedicina e Enfermagem, participaram alunos do PET Odonto e do curso de Fisioterapia que esteve presente com um estande prestando atendimento a pacientes e orientando o público com medidas preventivas e de promoção à saúde. "Hoje trouxemos, além da prevenção de quedas com o idoso, o envelhecimento saudável", conta a professora Lavínia Boaventura (Fisioterapia).
 

          


Coordenando estudantes do 3º semestre, onde ministra a disciplina Saúde Coletiva I, a professora afirma que a participação dos alunos nas atividades da feira é uma oportunidade de pôr em prática o que é discutido em sala de aula. "A disciplina Saúde Coletiva que estamos estudando com eles agora é teórica. Então, por que não aproveitar esse momento da feira para aproximar esse conteúdo teórico de vivência mais prática? Isso é importante para que eles entendam essas ações de promoção da saúde que discutimos tanto em sala de aula. A mudança do perfil epidemiológico e demográfico e quanto à fisioterapia precisa estar mais atenta a isso, para não ser apenas uma categoria de trabalho para reabilitação, mas também que se amplie seu campo de atuação com a prevenção e a promoção da saúde. Essa noção da saúde coletiva, levar para a coletividade essas ações mais amplas. E aqui eles conseguem, de forma mais prática, perceber o quanto as pessoas estão abertas a receber essas informações, a discutir essas temáticas".

Além da Bahiana, também estiveram envolvidos na Feira de Saúde da Paróquia de Nossa Senhora de Brotas o Distrito Sanitário de Brotas, o Hospital Humberto Castro Lima e a Universidade Católica de Salvador.


Confira as fotos.

 

Campus Brotas

Av. Dom João VI, nº 275, Brotas.
CEP: 40290-000
tel.: (71) 3276 8200
fax.: (71) 3276 8202

Campus Cabula

Rua Silveira Martins, nº 3386, Cabula
CEP: 41150-100
tel.: (71) 3257 8200
fax.: (71) 3257 8230

Coordenadoria Geral

Av. Dom João VI, nº 274, Brotas.
CEP: 40285-001
tel.: (71) 2101 1900
fax.: (71) 3356 1936