Galeria de Fotos

Programa de Pós-Graduação: aula inaugural 2016

“O ano de 2015 foi muito importante porque fomos recredenciados pelo Ministério da Educação. Fomos avaliados e reconhecidos como uma Instituição de Ensino de excelência, tendo recebido o conceito máximo. Os avaliadores nos perceberam como uma universidade. Ser uma universidade é algo que faz parte de nossas perspectivas e estamos trabalhando para isso”. Foi com estas palavras que a diretora da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, Dra. Maria Luisa Carvalho Soliani deu início à aula inaugural dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu  da instituição que aconteceu no dia 19 de fevereiro, na Unidade Acadêmica Cabula.

Em sua fala, a diretora também ressaltou o caráter inovador da Bahiana. “É uma instituição tradicional, mas que está constantemente se renovando.  No último ano lançamos o curso de graduação em Educação Física e a Coordenação de Pesquisa e Inovação”, declarou Soliani ressaltando os valores institucionais e como eles são o verdadeiro guia da instituição.

A coordenadora de Ensino de Graduação e Pós-Graduação, Prof.ª Maria de Lourdes de Freitas Gomes, realizou uma apresentação institucional onde destacou os avanços do programa que hoje conta com 38 turmas de cursos Lato Sensu e um total de 904 alunos. Os programas Stricto Sensu em Medicina e Saúde Humana e Tecnologias em Saúde foram apresentados por seus coordenadores, Prof.ª Dr.ª Ana Marice Ladeia e Prof. Dr. Marcos Almeida, respectivamente.

A aula inaugural contou com uma programação especial com a realização do Seminário sobre Pesquisa Clínica, Biobancos e Biorrepositórios, composto das palestras “Pesquisa clínica no Brasil: cenário, prática e perspectivas”, apresentada pela Dra. Maria Hermoso Cristóbal (FIOCRUZ-RJ) e “Construção de biobanco e biorrepositório”, tema abordado pelo Dr. Claudio Gustavo Stefanoff (INCA).

“O desenvolvimento da pesquisa clínica no cenário atual tem trazido alguns desafios em relação à operacionalização. Buscamos então a FIOCRUZ por ser uma instituição parceria e por ser uma referência nacional na pesquisa em saúde para que, em rede, possamos traçar melhores caminhos para o desenvolvimento da pesquisa tanto na Bahia como em âmbito nacional. A escolha do tema que se refere aos biobancos e biorrepositórios é deu-se por sua inerência dentro da pesquisa. Nesse sentido, o INCA é uma das cinco instituições que possuem reconhecimento junto ao CONEP e tem uma longa trajetória nesse sentido”, explicou o coordenador de Pesquisa e Inovação da Bahiana, Prof. Dr. Diego Meneses.

Após as apresentações, foi composta uma mesa com os professores da Bahiana Luis Cláudio Correia, Cristiane Dias e Ubirajara Barros que juntos coordenaram o debate com a mediação do Prof. Dr. Bernardo Galvão.

No turno da tarde, já na Unidade Acadêmica Brotas, pesquisadores e palestrantes convidados deram seguimento ao debate.



Campus Brotas

Av. Dom João VI, nº 275, Brotas.
CEP: 40290-000
tel.: (71) 3276 8200
fax.: (71) 3276 8202

Campus Cabula

Rua Silveira Martins, nº 3386, Cabula
CEP: 41150-100
tel.: (71) 3257 8200
fax.: (71) 3257 8230

Coordenadoria Geral

Av. Dom João VI, nº 274, Brotas.
CEP: 40285-001
tel.: (71) 2101 1900
fax.: (71) 3356 1936