Galeria de Fotos

Escolinha de Atletismo Flamengo

Uma missão de aprendizado e solidariedade! Assim foi a visita do grupo de estudantes e professores da Bahiana à Escolinha de Atletismo Flamengo, no município de Jaguarari, a 408 quilômetros de Salvador, nos dias 20 e 21 de maio.

Ao todo, o grupo da Bahiana contou com a participação de 33 pessoas, sendo 20 estudantes dos cursos de graduação de Biomedicina, Educação Física, Enfermagem, Fisioterapia, Medicina, Psicologia e Odontologia, além do coordenador do curso de Educação Física, Prof. Clarcson Plácido, da gestora do Núcleo de Atenção Psicopedagógica, Angélica Mendes, da coordenadora do Programa Candeal, Lavínia Boaventura, da coordenadora de Desenvolvimento de Pessoas da Bahiana, Prof.ª Luiza Ribeiro, além de integrantes do Núcleo de Supervisão Pedagógica e de professores. Também participaram das atividades a Liga Acadêmica Baiana para Estudo da Dor (LABED), coordenada pelo professor Bruno Góes e a Liga Acadêmica de Primeiros Socorros.

“O objetivo da visita foi promover a educação e saúde para os atletas e suas famílias, como também promover uma série de avaliações para verificar a performance dos atletas com uma bateria de testes”, explicou o coordenador do curso de Educação Física, Clarcson Plácido.
A programação compreendeu a realização de oficina de Primeiros Socorros, avaliação e identificação da dor, testes de avaliação física e morfofuncional, ações de educação em saúde, envolvendo os jovens e suas famílias. “A população recebeu nossa visita de forma muito oportuna, na medida em que eles desenvolveram atividades que cotidianamente não têm acesso e que, de certa forma, trouxeram eles para discussões sobre diversos temas propostos na ocasião”, conta Plácido.

Para o idealizador e coordenador da Escolinha de Atletismo Flamengo, o educador físico, Antônio Ferreira Bonfim – “Ferreirinha”, “foram dois dias carregados de alegria, emoção e muitas atividades importantes para o fortalecimento do compromisso dos alunos/atletas com o aperfeiçoamento dos treinamentos, sobretudo do reforço dos vínculos familiares. Os pais também participaram ativamente das palestras e orientações dos diversos profissionais que vieram de Salvador para promover essa ação de extrema necessidade, não só para as crianças matriculadas na Escolinha de Atletismo Flamengo, mas para todo o povoado”.

Durante o mês de maio, a Bahiana realizou uma campanha para a arrecadação de tênis e roupas com a finalidade de promover uma melhor qualidade de treinamento para os atletas da escolinha. Além de peças de vestuário, foram adquiridos 72 pares de sapatos, sendo 32 tênis, item fundamental para o desempenho dos atletas.
“A Bahiana, tem no seu DNA, em sua estrutura, desde seu nascimento, há 64 anos, a preocupação em fazer intervenções e apoio ao coletivo. Temos uma veia de responsabilidade social muito forte e esse foi o motivo principal de termos ido conhecer a Escolinha de Atletismo Flamengo, através do grande Ferreirinha, que é uma pessoa diferente, generosa, solidária e corajosa. São características que nós, da Bahiana, gostamos muito de estar próximos. Porque esse empenho, esse olhar para o outro, para o coletivo, para o social é o que faz a diferença na formação dos nossos profissionais da área de saúde,” ressalta a professora Luiza Ribeiro.

Outro aspecto da ação destacado pela coordenadora de Desenvolvimento de Pessoas da Bahiana foi o espírito de desprendimento e a solidariedade que imbuíram o grupo da instituição nessa jornada. “Ano passado, quando tomamos conhecimento desse projeto que funciona há 10 anos, e firmamos uma parceria, decidimos ir in loco fazer uma visita e a Bahiana tem uma expertise muito grande, hoje, em ações sociais e de promoção da saúde nas comunidades e nos grupos em situação de vulnerabilidade e essa é a situação da escolinha que é um oásis naquele povoado do Flamengo que fica a 20 km de Jaguarari, no sertão. Levamos alunos e professores além muros, fomos além do nosso município, desenvolver a noção de território, compreender como os profissionais de saúde podem atuar nesses lugares que têm uma realidade diferente da nossa que é urbana”.

O Professor Clarcson Plácido complementa, afirmando que ações dessa natureza fortalecem a relação da Bahiana com a sociedade e ainda incrementam os pilares do ensino, pesquisa e extensão “Para Bahiana, esse tipo de iniciativa fortalece seu compromisso como academia em relação à sociedade, através de ações extensionistas e que conseguem alcançar populações localizadas não somente onde a instituição esteja inserida, como Brotas ou Cabula, mas também rompe barreiras e alcança lugares desconhecidos e que necessitam de tudo aquilo que é produzido e compartilhado pelos alunos. Na verdade, esse é um compromisso social e educacional, através de atividades de extensão que fortalece tanto o ensino quanto a pesquisa e propriamente a formação e nossos discentes”, finaliza.  

Na próxima quinta-feira, dia 26 de maio, o professor Ferreirinha, representando todos os alunos da Escolinha de Atletismo Flamengo, conduzirá a Tocha Olímpica pelas ruas de Jaguarari.


Escolinha de Atletismo Flamengo

Criada há 10 anos, a Escolinha de Atletismo Flamengo é um projeto social que beneficia crianças e adolescentes do distrito de Flamengo, a 20 quilômetros do município de Jaguarari, com ações de incentivo à vida saudável e valorização da família, através do esporte.

Neste ano, a Bahiana, em mais uma ação de responsabilidade social, por meio do curso de Educação Física, passou a apoiar a Escolinha de Atletismo Flamengo.



Campus Brotas

Av. Dom João VI, nº 275, Brotas.
CEP: 40290-000
tel.: (71) 3276 8200
fax.: (71) 3276 8202

Campus Cabula

Rua Silveira Martins, nº 3386, Cabula
CEP: 41150-100
tel.: (71) 3257 8200
fax.: (71) 3257 8230

Coordenadoria Geral

Av. Dom João VI, nº 274, Brotas.
CEP: 40285-001
tel.: (71) 2101 1900
fax.: (71) 3356 1936