Notícias

"A mudança como essência da vida" foi tema dos Novos da Bahiana 2020.2

Evento propôs uma reflexão sobre os novos horizontes e possibilidades frente à pandemia.
03/09/2020


"A mudança como essência da vida" foi tema dos Novos da Bahiana 2020.2

Evento propôs uma reflexão sobre os novos horizontes e possibilidades frente à pandemia.

Despertar os participantes para a realidade frente à pandemia, vislumbrando novos horizontes e possibilidades de mudanças foi o objetivo da reflexão proposta pelos Novos da Bahiana de 2020.2. Com o tema “Mudança – essência da vida”, o evento, que é uma iniciativa do Núcleo de Atenção Psicopedagógica da Bahiana (NAPP), aconteceu com o apoio da educação digital, no dia 28 de agosto, das 8h às 11h40, por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). A professora Luiza Ribeiro, coordenadora de Desenvolvimento de Pessoas, deu as boas-vindas aos calouros numa manhã lúdica e acolhedora.  

“A Recepção aos Novos da Bahiana de 2020.2 foi uma ocasião muito importante para nós. Recebemos e acolhemos os nossos novos estudantes em um momento de alegria e conquista e, ao mesmo tempo, em meio à tristeza e ao desafio que estamos passando com 120 mil vidas perdidas!”, destaca a gestora do NAPP, Angélica Mendes. Ela explica que, embora o início de um novo semestre com novos estudantes tenha sido realizado em um processo totalmente telepresencial, a prática de acolhimento, cuidado e suporte contínuos que a Bahiana oferece aos estudantes foi mantida com êxito.

Angélica Mendes ressalta ainda que a pandemia trouxe desafios para que fosse possível caminhar para o novo: “Há um trabalho maior, mais exigente, do ponto de vista tecnológico, e mais humano, porque nos demanda abertura para o novo, para lidar com o não saber, para uma relação de interdependência mais intensa. Então o evento, assim como tudo o que temos empreendido até aqui, nos permitiu uma certeza: é possível fazer laços apesar da distância física, sustentar vínculos, aprender e ensinar, comunicar com transparência. São esses os valores da Bahiana que temos vivido e experimentado mais intensamente”.

“Essa turma é histórica. E, por já estarmos familiarizados com o mundo digital, poderemos desfrutar de um semestre mais tranquilo, pois, diferente do primeiro semestre, agora já aprendemos a unir ao contexto atual a força dos professores, dos coordenadores de curso, da reitoria, na figura da Dra. Maria Luisa Soliani, e de todos os setores da instituição. Por isso, estamos obtendo sucesso”, revela Luiza Ribeiro. A gestora de Desenvolvimento de Pessoas pontua que o trabalho com qualidade adaptado ao mundo virtual é o caminho do futuro. “Por isso, estamos preparando nossos alunos para essa realidade. Fizemos muitas adaptações como a adoção dos teleatendimentos, por exemplo, então os calouros irão vivenciar todas essas transformações externas já imersos nesse cenário”, conclui Luiza Ribeiro.
 

Programação
 
Angélica Mendes mediou o encontro que ainda contou com mensagens dos estudantes Vanessa Ramos (Medicina), Felipe Ferreira (Medicina), Gabriel Gramacho (Biomedicina), Rafael Lélis (Medicina) e Pâmella Andrade (Odontologia), além de apresentações musicais. A professora Maria de Lourdes Freitas Gomes, pró-reitora de Ensino de Graduação e Pós-Graduação Lato Sensu da Bahiana, explicou os caminhos digitais oferecidos pela instituição, apresentando o Sistema AVA e os acessos virtuais a departamentos, como a Biblioteca. Os coordenadores de cursos também estiveram presentes e deram as boas-vindas aos recém-ingressos. Foram eles: professores Geraldo Argolo (Biomedicina), Clarcson Plácido (Educação Física), Simone Passos (Enfermagem), Urbino Tunes (Odontologia), Ana Verônica Mascarenhas (Medicina) e Sylvia Barreto (Psicologia).
 
    

O estudante Rafael Lélis, que participou de um bate-papo com os veteranos, considerou o contexto vivenciado na pandemia: “Estamos vivendo um momento de incertezas. Participar desse evento como aluno que já vivenciou um processo de educação digital é importante para mostrar aos futuros alunos que eles também são capazes. Compartilhar experiências ajuda a tranquilizar os calouros, facilitando o processo de adaptação”. O coral “Canta Bahiana” foi a atração que encerrou a recepção aos calouros.
 
    

De todas as vivências proporcionadas por essa edição dos Novos da Bahiana e pela educação digital como um todo, para a gestora Angélica Mendes, um dos principais aprendizados que fica é o de que “sozinhos, no conforto dos nossos saberes e práticas e no limite das nossas ações cotidianas não conseguiríamos fazer o que estamos fazendo. Precisamos uns dos outros. O novo nos faz crescer, e a mudança é a essência da vida. Que saibamos lidar com essas experiências para sairmos mais fortes e mais conscientes do valor do COLETIVO”.

Campus Brotas

Av. Dom João VI, nº 275, Brotas.
CEP: 40290-000
tel.: (71) 3276 8200
fax.: (71) 3276 8202

Campus Cabula

Rua Silveira Martins, nº 3386, Cabula
CEP: 41150-000
tel.: (71) 3257 8200
fax.: (71) 3257 8230

Coordenadoria Geral

Av. Dom João VI, nº 274, Brotas.
CEP: 40285-001
tel.: (71) 2101 1900
fax.: (71) 3356 1936